Uma Prece Atendida
09 de fevereiro de 2011, por Charlles Nunes

Ter uma prece atendida num momento de dificuldade me leva a crer que Alguém lá em cima gosta de mim - e de você também!

Revista Sorria 13 - Clique para ler

No decorrer da vida, já recebi respostas ao orar sobre diversos assuntos: namôro, casamento, mudança, trabalho, saúde. Em cada caso, uma decisão é tomada com mais clareza. Pela primeira vez, gostaria de tornar pública uma oração específica.

Há cerca de três meses, nossa família passou por um teste de fogo: nossa filha caçula, que estava internada pela segunda vez recebeu finalmente um diagnóstico: leucemia.

Menos de quarenta e oito horas depois, nosso desafio foi ainda maior: preparar o seu funeral.

Como você deve imaginar, esses foram três meses de reflexão, sofrimento, e uma busca de respostas que pareciam não existir.

Na semana passada – mais precisamente sexta-feira – minha esposa viajou, e fiquei com nossos três filhos. Enquanto eles assistiam TV na sala, tranquei-me no banheiro, me ajoelhei e conversei com nosso Pai Celestial da forma mais sincera que pude.

Repeti muitas perguntas que já havia feito antes. Dentre tantos porquês, eu queria saber o que Ele deseja me ensinar com essa experiência tão difícil. Pedi ajuda para seguir adiante e tomar gosto pela vida outra vez.

Após muitas lágrimas, comecei a encontrar motivos para sorrir e agradecer. Continuando minha busca, escrevi um pequeno artigo intitulado ’90 Dias sem a Poli’.

Uma Prece Atendida em Domicílio

O sábado foi um dia tranquilo. À tarde, fomos nadar na cachoeira, e nos divertimos bastante. Perto das oito da noite, recebo um amigo que viajou por quase três horas para nos visitar. Ele perdeu um irmão em 2007. Como era um grande amigo meu, acompanhei o episódio bem de perto também.

Conversamos sobre o sentimento de perda, a desolação pela qual passam os familiares , assistimos juntos alguns vídeos, lemos o diário da Poliana e vimos algumas fotos. Ele saiu de nossa casa emocionado, e deixou comigo uma mensagem de esperança.

Antes de sair, me aconselhou a dar mais atenção aos nossos três filhos, que estavam ficando um pouco em segundo plano. As palavas dele me atingiram como um raio. Percebi que estava na hora de valorizar a cada um de forma mais igualitária.

Uma Prece Atendida na Igreja

No dia seguinte, viajei para Volta Redonda, minha cidade natal. Durante a viagem, li uma revista ‘A Liahona’ de feveveiro de 2011, a qual continha bons conselhos que me ajudaram a compreender melhor minha situação. Olhando pela janela, e vendo o mato bem verdinho, percebi que esse mundo foi criado por um Deus de amor, para que desfrutemos das experiências desta vida enquanto nos for permitido.

Duante as reuniões, falei com a congregação sobre como Deus está sempre disposto a responder nossas oraçãos. No final, uma amiga conversou comigo e disse palavras confortadoras.

Uma Prece Atendida na Estrada

Na segunda-feira viajamos de Angra dos Reis a São Paulo, a trabalho. Quase ao meio-dia, paramos num restaurante à beira da estrada, perto de Paraty. Vou direto ao cantinho das revistas. Gosto logo da primeira, a começar pelo título: Sorria.

Na capa, um garotinho comemora haver conquistado o segundo lugar. Na primeira página, a propaganda me lembra de casa: “Existe amor. E existe amor pra vida inteira.”

Logo no primeiro artigo, a editora-chefe me conquista: “Faço, logo existo”. Como o mais recente fã da revista, vou conversar com a proprietária, pra ver se me vende ou doa aquele exemplar. Ela comenta que "vai pensar"...

Depois do lanche – que estava delicioso – recebo a proposta: Cinco reais por uma revista que tem o preço de capa de dois e cinqüenta. Negócio fechado. Volto para o carro satisfeito, folheando meu tesouro. Uma colega de viagem fica revoltada! ;

Dizem que qualquer coisa que uma pessoa consiga imaginar, outras podem fazer. Foi o que senti ao ler as matérias. Os idealizadores da revista conseguiram criar um modelo de negócios em que todos saem ganhando: os patrocinadores, os redatores, e uma organização de apoio ao adolescente e à criança com câncer - GRAAC.

A publicação da revista é bimensal e o número 17 está à venda na Droga Raia, a quinta maior rede de farmácias do Brasil. Até o momento, mais de cinco milhões de reais já foram doados ao GRAAC!

Uma Prece Atendida Online

Após ler a revista, visito o site. Começo lendo a matéria ‘Após a Tempestade’, e fico maravilhado com as histórias sobre perdão.

Desde o momento em que fiz a oração, minha percepção vem sendo aguçada em relação aos acontecimentos, levando-me a tomar pequenas atitudes que me trouxeram mais para perto do que eu tanto buscava: consolo, orientação e esperança.

Ao refletir sobre o assunto, chegou à seguinte conclusão: Deus responde as nossas preces, quando o buscamos de coração. Se ele já fez isso comigo um monte de vezes, poderá fazer com você também!

Confira o Discurso da Criadora da Revista Sorria

TEDxSP 2009 - Roberta Faria from TEDxSP on Vimeo.




Artigos Relacionados

Já teve uma prece atendida? Conte pra gente!

Google
 


Home | Blog | Livros | Artigos | Sobre | Contato

Copyright © by Charlles Nunes