Professor: Em Que Fase Você Está?

Existem 4 etapas na vida de um professor...

Na primeira, ele é um aprendiz de carteirinha. Devora livros, reflete sobre o ensino, bate altos papos sobre a Educação.

Assiste ‘Ao Mestre com Carinho’, ‘Sociedade dos Poetas Mortos’, ‘Patch Adams – O Amor é Contagioso’... E se convence cada vez que através do ensino vai causar um impacto no mundo!

Disposto a ingressar na carreira, ele se transforma em um ‘caçador de concursos’. Topa qualquer parada, mesmo que a cidade seja Tão-Tão-Distante! ;-)

Ele rala o dia inteiro, faz um lanche na faculdade e vai contando os dias pra pegar o canudo... Sua palavra de ordem é ESPERANÇA. E com essa esperança ele entra na segunda fase: passa a ensinar tanto quanto aprende.

Na sala de aula, mistura nervosismo com alegria e vai tendo suas primeiras experiências... Interage com os alunos, com os colegas, com a direção, e percebe que a carreira pode ser um pouco menos cor-de-rosa do que imaginava.

Com uma agenda cada vez mais lotada, ele corre de um lado para o outro, de escola em escola, e ainda leva trabalho pra casa.

Mas nada da reclamar, porque essa correria toda se traduz numa nova liberdade: Finalmente ele tem mais dinheiro do que na época da faculdade!

Entra ano, sai ano, e ele aos poucos vai passando pra terceira fase...

Num misto de conforto e segurança, ele agora ensina muito mais do que aprende.

Ao refletir sobre os prós e contras da profissão, ele se pergunta sobre o impacto da escolha em sua própria vida.

Embora tente disfarçar, aquele brilho nos olhos fica mais intenso na véspera de feriado do que nas curtas noites de domingo. Ele chega a desconfiar que haja mais segunda-feira do que sexta no calendário!

Vez por outra, pensa em iniciar uma nova carreira. Levar trabalho pra casa já começa a parecer exploração. Mas como a estrada percorrida é bem mais longa do que a que vem pela frente, ele conclui: “A essa altura do campeonato, não é moleza mudar de profissão.”

E o que era segurança vai causando um desconforto. Insatisfeito, percebe que a próxima fase vai ter que ser criada por ele mesmo: É hora de aprender de novo!

Convicto de que tempo e carreira não duram pra sempre, ele deseja aliar qualidade de vida com o amor ao trabalho.

E decide que vai parar de trocar suas horas de trabalho por um salário limitado.

Ele passa então a escrever livros, gravar áudios, vídeos, criar cursos, dar palestras e consultoria. Formatando seu conhecimento, um professor impacta a vida de milhares... Mesmo enquanto descansa.

O aprendizado de novas ferramentas renova suas energias e amplia suas possibilidades. Ele volta a devorar o lanche, como na época da faculdade, tamanha sua vontade de PRODUZIR.

Com mais renda, mais tempo - e até certo reconhecimento - o professor passa então a ajudar os outros a fazer o mesmo.

Ele descobre enfim que manter um sonho aceso por toda a vida não precisa ser privilégio de poucos. Afinal...

A maior diferença que alguém pode fazer é mudar sua própria vida!